Minhas dicas de Cancun

Cancun foi a viagem mais relaxante que já fiz! O azul do mar da Riviera Maya é hipnotizante e a brisa caribenha remete a uma sintonia de descanso que nunca experimentei em outro local.

A seguir algumas dicas para aproveitar ainda mais suas férias por lá:

1. Talvez o mais importante nessa viagem seja escolher a época do ano. O auge da temporada dos furacões no Caribe é setembro, então é bom evitar os meses de agosto, setembro e outubro. Há quem diga que a época de festas (dezembro e janeiro) também não é muito recomendável. Nós fomos em abril, e o clima estava maravilhoso.

20130612-091358.jpg Mapa da Riviera Maya

2. A orla de Cancun é uma faixa de areia com o formato do número 7, o Boulevard Kukulcán, com uma laguna banhando o lado esquerdo e o Mar do Caribe no lado direito. A maioria dos hotéis, todos no estilo resort, fica na parte “longa” do 7, onde o mar é um pouco mais agitado. Na “esquina” e no “topo” do número 7 ficam os hotéis banhados por águas mais mansas.

20130612-091447.jpg Mapa de Cancun

3. A maioria dos hotéis é bem luxuosa, acredito ser difícil encontrar um hotel ruim. Ficamos no Fiestamericana Condesa, situado na parte “longa” do 7 (há também outro hotel do grupo Fiestamericana, o Coral, que fica na parte das águas mais mansas). Adoramos o hotel: estrutura, serviço, alimentação (all-inclusive, com vários restaurantes), tudo incrível. Voltaríamos lá, com toda a certeza. O que percebi do Fiestamericana Condesa em relação aos outros hotéis é que ele tem um quê mais mexicano, colorido, com um jardim interno lindo, piscina com recantos, integrada ao verde e com diversos quiosques de palha. A maioria dos outros hotéis faz aquele estilo americano, com arquitetura quadrada, brancos. Eu não curto muito, pois nem parece que se está na praia! Se optar pelo Fiestamericana Condesa, recomendo escolher um quarto alto (5° ao 7° andar) e com vista lateral (claro, melhor ainda se for frontal).

20130615-221943.jpg Vista do nosso quarto

20130612-123048.jpg Que tal?

4. Em Cancun, é melhor optar por um hotel all-inclusive. A maioria dos restaurantes é longe dos hotéis e relativamente caros. O sistema de taxi é também caro, e a melhor opção para locomoção é o ônibus – passam muitos e o tempo todo.

5. Para ir às compras, há duas opções de shoppings: La Isla e Kukulcán. Basta pegar o ônibus na frente do hotel e pedir ao motorista para parar na frente do shopping, muito fácil!

6. A noite de Cancun é animadíssima! Informe-se sobre as festas, bares e boates do momento aqui. Se a ideia é curtir la fiesta, a melhor época para ir à Cancun é o spring break, quando os universitários dos Estados Unidos e Canadá fazem a pausa de meio de ano letivo para se divertir – normalmente acontece em março e muitas vezes coincide com o feriado de Carnaval brasileiro.

7. Para chegar lá, pegamos um vôo pela Aeromexico (companhia aérea que nos surpreendeu pela qualidade) de Guarulhos até Cancun, com conexão na Cidade do México (8 horas + 2 horas).

8. O ponto forte das férias em Cancun não é ficar no hotel (mas pra mim, foi!), e as agências de turismo tem um cardápio interminável, cansativo e caro de passeios. Há mergulhos de snorkel, de cilindro, passeios com golfinhos, visitas a parques ecológicos (XCaret e Xel-Há), visita à pirâmide de Chichén Itza, à Isla Mujeres, passeios de lancha etc etc etc. Nós resolvemos fazer apenas dois passeios. Um até Cozumel (mergulho de snorkel/cilindro) e outro que foi passar o dia em um parque ecológico (XCaret). Cada passeio custa em média 150 dólares por adulto. Os passeios são extremamente desgastantes – a gente fica o dia todo na função, acorda cedo, pega ônibus, ferry, catamarã – só faltou pegar jegue! Por isso, sugiro escolher dois ou três passeios, no máximo. Nós intercalamos um dia de passeio com um dia de dolce far niente no estimado Condesa.

20130615-221317.jpg Acorda-se cedo para os passeios!

20130612-122603.jpg Meu programa predileto em Cancun

9. Se eu fosse sugerir apenas um passeio em Cancun, definitivamente seria o mergulho nos corais da Ilha de Cozumel. Para os que apreciam, recomendo hospedar-se um ou dois dias em Playa del Carmen onde o acesso à ilha é rápido (partindo de Cancun, investe-se o dia todo para apenas 1 ou 2 horas de mergulho). Cozumel é considerado um dos melhores pontos de mergulho do mundo, com água extremamente clara, quente e com uma riquíssima fauna aquática. Lá está a segunda maior barreira de corais do mundo, que perde apenas para a grande barreira de corais australiana.

20130615-220403.jpg

20130615-220459.jpg Bajo aguas tranquilas

Buen viaje!

Créditos das imagens: bemsortido

Anúncios

6 comentários sobre “Minhas dicas de Cancun

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s