Filmes “Frankenstein”

Dois filmes intrigantes e que não apenas têm ótimos roteiros, mas que principalmente estimulam a reflexão sobre como o que somos por fora, a “carne”, pode interferir em nossa mente. Às vezes as transformações precisam acontecer de fora pra dentro.

20130619-082214.jpg
O Curioso Caso de Benjamin Button (2008)

Nova Orleans, 1918. Benjamin Button (Brad Pitt) nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno dos 80 anos, mesmo sendo um bebê. Em vez de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança ele conhece Daisy (Cate Blanchett), da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça, tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver. Inspirado em um conto de F. Scott Fitzgerald.

20130619-082245.jpg
A Pele que Habito (2011)

Antonio Banderas interpreta Robert, um obcecado cirurgião plástico que, após a morte de sua esposa num acidente, concentra todas as suas energias e conhecimento na criação de uma pele com a qual ela poderia ter sobrevivido. Após 12 anos de estudos, ele consegue criar em seu laboratório um tecido sensível ao toque, mas resistente a qualquer tipo de agressão. Porém, para chegar num resultado perfeito, é necessária uma cobaia humana, além de um cúmplice e uma grande dose da falta de escrúpulos. O longa, escrito pelo próprio diretor Pedro Almodóvar, em parceria com Augustín Almodóvar, é baseado em Mygale, de Thierry Jonquet.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s