Essenciais para viagens ao exterior

Todo mundo sabe, mas não custa lembrar: um viajante organizado evita dores de cabeça. Um pequeno check list para viagens ao exterior:

Passaporte: com data de validade mínima de seis meses. Na América do Sul também é possível viajar com a carteira de identidade (RG) atualizada. Mas, como nunca se sabe quando surgirá uma oportunidade para uma viagem inesperada, mantenha sempre seu passaporte válido. Minha prática é consultar, junto à Polícia Federal, as datas disponíveis para renovação do meu passaporte cerca de 9 meses antes de expirar sua validade.

Visto: alguns países exigem visto ou autorização de permanência. Informe-se aqui antes de viajar! Especialmente para o visto americano, recomendo nunca deixar a validade expirar. Antes disso, contate uma empresa especializada em vistos, como a Companhia dos Vistos, em Florianópolis. Hoje é possível renovar o visto sem sair de casa, acredite!

Vacinas: há países que exigem alguns tipos específicos de vacina. A vacina contra a febre amarela é a mais comum, recomendada e exigida em viagem para o Peru, Bolívia e até Uruguai – entre outros. A dose da vacina começa a valer a partir do 10º dia em que foi recebida (por conta do período de incubação) e mantém-se válida por 10 anos. Após tomar a vacina no posto de saúde, você deve ir até um posto da Anvisa (o do aeroporto, por exemplo) e transcrever o comprovante de vacinação para o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia – documento que comprova internacionalmente que você tomou a vacina contra a febre amarela e/ou outras doenças.

Seguro viagem: recomendável sempre, especialmente se você está indo para algum país da União Européia, onde o Tratado de Schengen exige que você possua um seguro com cobertura mínima de 30.000 euros para garantir assistência médica por doença ou acidente. O seguro viagem pode ser adquirido junto a agências de viagem, mas muitos cartões de crédito fornecem automaticamente este tipo de seguro quando o passageiro adquire integralmente o bilhete aéreo com o cartão. Informe-se e evite esse custo adicional ;-)

Cartão de crédito internacional: nem precisava comentar, item mais que obrigatório em uma viagem ao exterior. Se possível, leve dois! E tenha sempre um cartão com limite muito superior ao que você imagina que irá precisar na viagem. Há situações em que você pode ser solicitado a garantir uma caução, exemplo típico é o caso de locação automóvel, e um limite farto no cartão de crédito será essencial para assegurar a continuidade da sua viagem sem dores de cabeça. Muito bem lembrado pelo Gustavo ali nos comentários: sempre deixe um de seus cartões devidamente guardado no cofre do hotel – assim, você não fica na mão em caso de um contratempo.

Travel card: mea culpa – nunca fiz um travel card! Mas já participei de uma situação em que senti na pele o quanto um ter um cartão pré-carregado é importante. Um amigo, em uma viagem longa que incluiu Dubai, Londres e Espanha, teve seu cartão de crédito clonado durante a viagem, e precisou cancelá-lo. Sorte a dele que iríamos nos encontrar na Espanha: fiz um travel card no nome dele aqui no Brasil e levei sua salvação monetária para o resto da viagem. Há inúmeras empresas que prestam esse serviço, na época usei a Confidence, que costuma ter lojas em muitos shoppings pelo Brasil.

Carta de motorista internacional: muito embora a carteira de motorista brasileira seja bem aceita como documento no exterior, não custa nada evitar transtornos e fazer a sua carteira internacional. Muito importante: não se esqueça de levar a carteira na viagem ;-)

Cópias dos documentos: outra recomendação, lembrada pelo Gustavo, é ter cópias dos seus documentos (cartões e passaportes) para o caso de uma eventualidade. Tire fotos, imprima e deixe com alguém de confiança no Brasil e/ou tenha cópia desses documentos sob a forma digital em seu email.

Anúncios

5 comentários sobre “Essenciais para viagens ao exterior

  1. Belas dicas

    Acho que além de levar dois cartões, sempre deixe um no cofre do Hotel.
    Carteira de Motorista Internacional é algo que tem necessidade para locação em alguns países e que não custa nada ter.
    Dica; Meus passaportes, vistos e o cartão de crédito eu os fotografo e envio para algum lugar nas nuvens ou para meu próprio email, em caso de emergência será mais fácil para descobrir números e datas.

    Kisses
    @GusBelli

    Curtir

    • Bem lembrado, Dr. Belli!!!
      Importante ter registrado os documentos em local seguro pra alguma eventualidade!
      E a carteira de motorista internacional, acabei esquecendo de colocar na lista!!!
      Vou adicionar as tuas dicas, ok?!
      Beijo pra vcs!

      Curtir

  2. TouristCard disse:

    Parabéns pelas dicas! Para quem for fazer uma viagem internacional, precisar de um bom seguro viagem e quiser economizar, entre em contato conosco!

    Somos uma operadora de grande tradição e que atua há 36 anos no mercado de seguros viagem. Temos vários planos, para atender às necessidades de cada cliente. Até o momento, somos a única operadora regulamenta pelo SUSEP. Estamos com uma promoção de 15% de desconto, para as pessoas que apresentarem o código promocional TOURIST15. Para quem quiser conhecer melhor a empresa acesse o nosso site: http://www.touristcard.com.br e o nosso chat, onde respondemos de imediato a qualquer dúvida: http://bit.ly/chattour.

    Um abraço para todos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s