O que fazer em Cartagena?

Post relacionado:

Minhas dicas de San Andres

Passamos o último réveillon em Cartagena, na Colômbia – e adoramos! A cidade tem uma noite muito animada e estava lotada de turistas do mundo todo. Foram 3 dias de muitas caminhadas e fotos :) A seguir algumas dicas do que fazer por lá:

1. Perder-se pelas ruas da cidade amuralhada.
Certamente o melhor programa, que pode ser feito a pé, de bike ou de charrete. Considerando-se que a cidade tem apenas duas estações no ano (quente e muito quente), vá cedo ou no fim de tarde e evite o sol a pino. Quando o cansaço bater, aproveite para sentar à sombra em um banco de praça, refresque-se e coma frutas cortadas na hora por uma palenquera colombiana (a versão deles da nossa baiana). Para os amantes da fotografia, a cidade reserva lindos cliques. A vista da torre da Catedral de Cartagena a partir da Calle Don Sancho rende uma das mais emblemáticas fotos da cidade e a Calle Cochera del Hobo (Calle 38), em frente ao El Genoves Hostel, é uma das ruas mais coloridas! Para enriquecer o passeio, compre o áudio guia “La Cartagena de Gabo” da Tierra Magna (disponível em aplicativos para smartphones) e faça o tour pelos olhos de Gabriel García Márquez.

2015/01/img_47931.jpg A bela torre da catedral de Cartagena

2015/01/img_4811-1.jpg As coloridas casas coloniais cartageneras

2015/01/img_4816.jpg Muita cor e calor

2015/01/img_4812.jpg

2015/01/img_4829.jpg

2015/01/img_4896.jpg

2015/01/img_4892.jpg Minha calle predileta: Cochera del Hobo

2015/01/img_4904.jpg As buganvílias emolduram as fachadas

2015/01/img_4900.jpg

2. Hospedar-se em uma autêntica casa colonial cartagenera.
Há opções em três bairros: Centro, San Diego (ambos dentro das muralhas) e Getsemani. Embora fora das muralhas, Getsemani não deixa de ser interessante: custo/benefício mais acessível, proximidade à Torre do Relógio (a principal entrada da cidade amuralhada fica a uma caminhada de 5 minutos), taxis disponíveis com rapidez (dentro dos muros a locomoção é mais demorada) num bairro em franca revitalização. Ficamos no Casa Lola: uma legítima casa colonial em Getsemani com poucos quartos, um agradável pátio interno (marca registrada das casas) onde é servido o café da manhã e piscinas no terraço para o indispensável refresco da tarde. Outra opção de hospedagem em Getsemani: Hotel Allure Chocolat. Dentro dos muros e com muito luxo: Sofitel Santa Clara ou Charleston Santa Teresa, mas são inúmeras as alternativas mais acessíveis: Bastion Luxury, Casa Don Sancho, Quadrifolio, Anandá, Casa San Augustin, Casa Pestagua.

2015/01/img_4901.jpg Belíssimo pátio do Casa Lola

2015/01/img_4834.jpg E a piscininha!

3. Escolher um bom restaurante para jantar.
O centro histórico de Cartagena reserva excelentes opções de restaurantes, muitos deles anexos aos hotéis mais estrelados da cidade: Vera e Acqua bar (Hotel Tcherassi), El Santissimo, Red Knife (Hotel Allure Chocolat), 1621 (Sofitel Santa Clara), La Terraza (Charleston Santa Teresa), 8-18 Cartagena, Don Juan, Marea by Rausch. Se quiser comer uma legítima comida cartegenera, vá ao Mar de Las Antillas, na Calle Larga (Calle 25 # 88-26), em Getsemani. A sobremesa pode ser na La Paleteria, que fabrica picolés artesanais nos sabores mais típicos da Colombia.

4. Contemplar o belo por do sol.
Os melhores locais para apreciar o entardecer são o Castelo de San Felipe de Barajas (fora da cidade amuralhada, a uma caminhada de 15 minutos) e o Café Del Mar (bar ao ar livre, sobre as muralhas). Aliás, a hora do pôr do sol é a ideal para visitar o castelo, evite ir no sol causticante.

2015/01/img_4943-0.jpg Entardecer no castelo. Lá no fundo, a torre da catedral

5. Conhecer as ilhas próximas à costa.
As águas que banham a cidade de Cartagena não lembram nem de longe o azul do Caribe. Se quiser realmente se sentir no Caribe, será necessário investir uma a duas horas de viagem para chegar até as ilhas do arquipélago de Rosário (Barú, Grande, Pirata, do Tesouro etc). Como nosso roteiro contou com 4 dias em San Andres e depois 3 dias em Cartagena, não fizemos o passeio às ilhas.

Mais alguns lembretes:

• Faz muito calor – leve chapéu, roupas leves e arejadas.

• Clima tropical e úmido significa o quê? Acertou: mosquitos! Não se esqueça do repelente.

• Acho essencial que o hotel escolhido tenha piscina – de tarde faz muito calor e caminhar na cidade fica impraticável.

• O taxi na Colombia é considerado um serviço público e não há taxímetro. Do aeroporto a Getsemaní são 10 minutos e 10-15 mil pesos colombianos.

2015/01/img_4810.jpg Regalitos típicos: chapéus e bolsinhas feitas pelas tribos Wayuu

Créditos das imagens: bemsortido

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s